“Você não conhece a pessoa ao seu lado, mas vocês têm algo muito forte em comum. Por isso, deixem a timidez para lá”, avisou o guia. A frase mal havia terminado e já sentia seus olhos em mim. Havia tanta determinação ali que não restava dúvidas: eu não teria como escapar. Logo eu, naturalmente desconfiada, declaradamente introvertida e, eventualmente, anti-social. Continuar lendo “Idade é só mais uma convenção da sociedade”