Busca

Doce Viagem

O melhor da vida na nuvem

A guardiã de Maria

Ariane (dir.) com a irmã, ambas guardiãs de Nossa Senhora de Assunção

Os primeiros raios da alvorada desta quinta-feira, 15 de agosto de 2019, não serão esquecidos por Ariane. Ela repetirá um rito que surgiu da devoção à Maria, virou um sonho e se tornou, enfim, uma missão carregada, literalmente, durante seis anos. Amanhã, sexta-feira, ela dará adeus ao posto de guardiã de Nossa Senhora de Assunção. “O sentimento é de dever cumprido. A ansiedade está tão grande, que fico emocionada só de pensar”, diz. Continuar lendo “A guardiã de Maria”

Infinda

Ilustração de Francesca Ganassi

Ela tem dia para chegar

mas também gosta de surpreender

aparecendo sem avisar

tentando mesmo me enlouquecer Continuar lendo “Infinda”

A Escrita

coffee-1246511_640

Para mim, a escrita é que nem arroz e feijão

não foi feita para arrancar suspiros

mas para acalmar o coração Continuar lendo “A Escrita”

O amor é uma via de mão dupla

Dizem que a gente tem que aprender a silenciar em qualquer lugar – até no trânsito ou no escritório, nem que seja por um minuto apenas. Na praia, porém, é muito mais gostoso, principalmente depois de uma caminhada. Parece que uma parte da carga já foi descarregada e tudo fica mais fácil – respirar, escutar, se entregar. Continuar lendo “O amor é uma via de mão dupla”

A Dona da Casa dos Sonhos

Era uma vez uma menininha que ficou muito doente e foi obrigada a passar três meses trancada em casa. O pai tentou distraí-la com um presente muito especial: uma coleção de contos de fada. Sem familiaridade com letras, Ângela foi abduzida pelas ilustrações, que espantaram para longe a dor, a tristeza e a solidão. Essa experiência ficou tão viva na sua memória e no seu coração, que ela decidiu na vida adulta criar um lugar onde sonhos e desejos se tornam realidade: a Casa de Livros. Continuar lendo “A Dona da Casa dos Sonhos”

A verdadeira história do condor-dos-andes

Pablo e Matilde na foto que ilustra a capa do livro de memórias da cantora e terceira esposa do poeta chileno

Não é possível passar pelo Chile e não (re)conhecer Pablo Neruda. O poeta do amor foi o verdadeiro condor-dos-andes, assim como sua última esposa, Matilde Urrutia, também foi a perfeita expressão desta ave imponente, cujas características são motivo de orgulho nacional. Continuar lendo “A verdadeira história do condor-dos-andes”

A Economia do Amor

possible-953169_640

“Está estranho” – olhou-me nos olhos e repetiu – “Tá tudo muito estranho”. Foi assim que Pereira quebrou o silêncio. Até o ano passado, ele tirava cerca de 300 reais todas as manhãs com o seu táxi. Só que “tudo” mudou: no dia anterior, rodou das 5 às 22h e acumulou somente 75 reais, sendo que 50 ficou no posto de gasolina. Continuar lendo “A Economia do Amor”

Quando uma estrela acende no céu

a sensação inicial é a de que

um fusível do nosso coração se apagou. Continuar lendo “Quando uma estrela acende no céu”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: