Foto_Daniel Nunes_L1100790 copy
Marina Klink, em foto de Daniel Nunes, na Antártica

 

Marina tinha várias opções: carregar uma mágoa e desistir de seus sonhos ou insistir. Esse último caminho é mais longo e muito mais trabalhoso. É também mais nobre, pois pressupõe colocar-se a serviço de uma causa e, assim, construir um legado, às vezes, invisível. Foi essa a opção que ela fez.

Leia Mais