Busca

Doce Viagem

O melhor da vida na nuvem

Categoria

Músicas e Histórias

[Músicas e Histórias] “Eu deixei a pintura compor a canção para mim”

1200px-Van_Gogh_-_Starry_Night_-_Google_Art_Project
Foto da Wikipedia – Tela “A Noite Estrela”, de Junho de 1889, pertence ao MoMa

Assim explicou Don McLean a criação de Vincent, tributo que prestou na década de 1970 a Van Gogh[1]. A ideia surgiu, segundo o compositor, após ler uma biografia do pintor holandês. Em entrevista ao inglês The Telegraph, ele confessou que ficou tão tocado pela história que decidiu desmistificar o mito de que Van Gogh era louco[2]. Continuar lendo “[Músicas e Histórias] “Eu deixei a pintura compor a canção para mim””

[Músicas e Histórias] A Melodia do Silêncio

meditation-1794292_640
Foto: Pixabay/truthseeker08

Por Thich Nhat Hanh*

“Na música, existem três momentos de “descanso”, de não som. Se tais espaços não existissem, tudo seria um caos. A música, sem momentos de silêncio, seria caótica e opressora. Quando nos sentamos em silêncio com um amigo, sem dizer nada, trata-se e um momento tão precioso quanto as notas de silêncio necessárias à música. O silêncio compartilhado entre amigos pode ser melhor que a conversa. Continuar lendo “[Músicas e Histórias] A Melodia do Silêncio”

Que música te representa?

guitar-2596726_640

Eu tinha nove anos quando pisei pela primeira vez no Crematório da Vila Alpina. O dia estava nublado e chuvoso, enfatizando a tristeza do adeus. A imaginação, a ingenuidade e a dor de uma criança que se despedia do seu amado avô criou memórias fragmentadas e até sombrias, infiltradas de uma sinfonia fúnebre intercalada com vozes do além e som de ossos se quebrando.

Temi por muitos anos a segunda visita, que chegou, inevitavelmente, há menos de dez anos por uma pessoa não menos amada. Não me despedi da minha bisavó ali, porque a carrego dentro de mim, assim como a meu avô. Contudo, aquele dia monocromático tornou-se um marco sem graça de uma vida sem ela.

Lembro-me da música preferida dela preenchendo aquele salão, entorpecendo-me de dor.  Dessa vez, porém, aquela cena não deixou marcas ou registros em mim. Nada, nem o tempo, é capaz de me roubar a imagem que guardo dela ouvindo aquela canção, na sala da casa dos meus pais. O sorriso fascinante que abria e a lágrima que junto caía. É isso que guardo comigo.

Essa música tocou em uma passagem recente por aquele lugar. Mesmo comovida com a perda de uma pessoa querida, não pude deixar de notar as contradições (ou seriam ironias?) da vida.  Continuar lendo “Que música te representa?”

[Músicas e Histórias] A viagem de Yesterday

musicasehistorias

Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a Ciência e a racionalidade humana podem explicar. Um deles paira em um quadro envidraçado, que protege anotações escritas à mão em diferentes tipos de papel, como um convite de aniversário de criança ou aquele papel pardo que escolta o pão quentinho até em casa. Reza a lenda que reis e plebeus já sucumbiram ao seu feitiço. Os manuscritos transformam-se ao colocar um dos headphones disponíveis no local. Como em um filme de Harry Potter, as letras ganham vida e dançam sobre o papel.  Você reconhece a melodia, sabe de cor os versos, mas silencia e sente como se estivesse escutando cada nota pela primeira vez.  Leia Mais

[Músicas & Histórias] John & Yoko: parece que o mundo não mudou tanto assim

musicasehistorias

“Nós queremos falar de amor, paz, de se comunicar, feminismo, racismo e guerra. Das coisas que estão acontecendo”. Esta declaração foi dada em um período turbulento, marcado por derramamento de sangue, ódio e intolerância. Podia ter sido dada por alguém no Brasil, nos EUA, no Reino Unido ou na Síria. Infelizmente não faltam, nesse quesito, alternativas. Foi dada, porém, por John Lennon, em 1972, durante a sua participação no Mike Douglas ShowLeia Mais

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: